Atualização científica

Medicina do Trabalho

Segunda-feira, 04 de Maio de 2020

Efetividade de um programa de prevenção e capacitação para redução de acidentes ocupacionais por material biológico.

Tatiana Verardi Pedroso Basso, Eunice Beatriz Martin Chaves, Dvora Joveleviths, Gerson Joveleviths Knijnik e Stéfani Ribeiro Rodrigues

 

FONTE:  Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, ano 17, volume 3.

INTRODUÇÃO: Os acidentes de trabalho com material biológico (ATMB) vêm aumentando significativamente no decorrer dos anos e suas consequências de maior importância epidemiológica são as transmissões de patógenos como os vírus da imunodeficiência humana e das hepatites B e C.

OBJETIVO: Avaliar a efetividade de um programa de prevenção e capacitação para redução de acidentes ocupacionais por material biológico em hospital-escola a partir da incidência dos ATMB durante os oito anos de implementação do programa.

MÉTODOS: O presente estudo foi realizado de forma descritiva, retrospectiva, por coleta no banco de dados do Serviço de Tecnologia em Recursos Humanos de um hospital-escola. A população do estudo foi composta por 1.445 funcionários do hospital-escola que sofreram acidente ocupacional de exposição com material biológico do tipo perfurante ou cortante.


RESULTADOS: De um total de 1.445 acidentes de trabalho com instrumentos perfurantes ou cortantes, 47,5% foram por descarte inadequado de materiais potencialmente contaminados. Foi observada uma taxa de queda anual de 0,21% nos acidentes percutâneos e de 0,36% nos acidentes percutâneos por descarte inadequado.

CONCLUSÃO: Os achados deste estudo indicam que o programa desenvolvido e implementado resultou na diminuição significativa dos acidentes ocupacionais por material biológico do tipo perfurocortante.