Atualização científica

Fatores de risco psicossociais nas organizações

Sexta-feira, 12 de Julho de 2019

Aplicação de instrumento para o diagnóstico dos fatores de risco psicossociais nas organizações

Sergio Roberto de Lucca1; Renata Cristina Sobral2

Fonte: Revista Brasileira de Medicina do Trabalho

Resumo

Contexto: Os fatores psicossociais no trabalho podem desencadear estresse laboral, sofrimento psíquico e transtornos mentais. Entre os instrumentos validados, o Health Safety Executive - Management Standard (HSE-MS) tem sido utilizado na União Europeia no diagnóstico e na intervenção primária desses fatores.

Objetivos: Aplicar o método desenvolvido pelo HSE-MS para o diagnóstico do estresse laboral nas organizações.

Métodos: O estudo utilizou o método misto preconizado pelo HSE, com aplicação do questionário Health Safety Executive - Indicator Tool (HSE-IT) seguido de um aprofundamento com grupos focais. A pesquisa foi realizada em uma amostra aleatória de 2.284 trabalhadores dos segmentos de call center, hospitais, bancos, unidades básicas de saúde e indústrias.

Resultados: A falta de controle/autonomia no trabalho e a falta de reconhecimento foram as principais causas de estresse no trabalho entre os sujeitos pesquisados.

Conclusões: O método do HSE pode ser considerado válido nesse tipo de investigação porque consegue se adaptar a qualquer país ou contexto organizacional, com o objetivo de diagnosticar os principais aspectos psicossociais desencadeantes de estresse nas diferentes organizações.